Arthur gasta R$ 6,8 milhões com pintura no asfalto para chamar de ciclofaixa


O prefeito Arthur Virgílio Neto planeja pintar faixas em vermelho e branco nas ruas de Manaus por R$ 6,8 milhões. A ideia é chamar de ciclofaixas após a pintura. Na prática, esses espaços são compartilhados entre bicicletas e carros, mas serão estabelecidos horários e dias específicos para o uso exclusivo de bicicletas. 

A primeira já foi pintada na Avenida das Torres, entre o semáforo do cruzamento da Avenida Timbiras até o supermercado Atack no sentido Cidade Nova/rotatória do Coroado e do lado esquerdo da via, espaço de uso para ultrapassagens pelos automóveis.

 As próximas serão nas avenidas Senador Álvaro Maia e Brasil até a Ponta Negra, na zona oeste, em uma extensão de 24,7 quilômetros. Na Avenida das Torres, o percurso total é de 15,8 quilômetros de ciclofaixa e ciclovia, considerando o caminho de ida e volta, além de outros quatro quilômetros de faixa recreativa. Na Avenida Itaúba serão três quilômetros de ciclofaixa.

Comentários