Polícia Civil prende quatro homens que transportavam 133 quilos de drogas em embarcação, em Iranduba

Foto: Erlon Rodrigues/PC-AM

Na madrugada deste domingo (21/06), por volta das 3h, as equipes do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), com o apoio operacional do Grupo Força Especial de Assalto e Resgate (Fera) e da Delegacia Fluvial (Deflu), deflagraram ação policial que culminou nas prisões, em flagrante, de Davi Curico de Oliveira, de 20 anos; Deuzimar Macedo Almeida, 30; Johnatas Scharff da Silva, 30; e Simião Aguano Sangana, 27. Durante os trabalhos, foram encontrados 133 quilos de drogas em posse do grupo.

A operação teve o comando da delegada-geral Emília Ferraz e coordenação dos delegados Rafael Allemand e Marna de Miranda, diretor e diretora adjunta, respectivamente, do DRCO. Os indivíduos foram presos quando estavam transportando as substâncias entorpecentes em uma embarcação de pequeno porte, que foi interceptada nas proximidades da Comunidade Bela Vista, no município de Iranduba (distante 27 quilômetros em linha reta da capital).

Segundo a delegada-geral Emília Ferraz, a operação é resultado de mais um intenso trabalho policial realizado pelo DRCO. “A Polícia Civil do Amazonas continua na linha de frente do combate ao tráfico de drogas e a qualquer outro delito, independentemente de pandemia ou de quaisquer outras adversidades”, garantiu ela.

De acordo com o diretor do departamento, delegado Rafael Allemand, os procedimentos investigativos em torno do caso tiveram início quando a equipe do DRCO obteve informações anônimas relatando o transporte do material ilícito. “No curso da operação, nós nos deslocamos a um ponto estratégico do rio, onde realizamos, por cerca de 18 horas, o monitoramento da movimentação de embarcações com o intuito de surpreender os infratores”, explicou o delegado.

Conforme Allemand, durante a abordagem ao barco alvo de investigação, foram encontrados cerca de 133 quilos de drogas, entre maconha do tipo skunk e cocaína, armazenadas em 126 tabletes. As substâncias ilícitas, provenientes do município de Tabatinga (distante 1.108 quilômetros em linha reta da capital), seriam entregues a outros indivíduos na capital.

Investigações

Allemand destacou, ainda, que as investigações em torno desse caso seguem em andamento, a fim de identificar o indivíduo que receberia a mercadoria na capital.

Procedimentos

Os infratores foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. Após os trâmites no DRCO, eles serão encaminhados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde deverão passar por audiência de custódia via videoconferência.

Comentários