Polícia Civil divulga imagem para localizar estelionatárias que compraram veículo em concessionária de Manaus

Foto: Divulgação/PC-AM

Na tarde de quarta-feira (17/06), por volta das 15h, policiais civis do 12° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando da delegada-geral Emília Ferraz e coordenação dos delegados, Deborah Barreiros, titular da Seccional Sul, e Mauro Soares, titular do 12º DIP, saíram em diligências para localizar um trio envolvido no crime de estelionato praticado contra uma mulher de 31 anos, ocorrido na última sexta-feira (12/06), em uma concessionária, localizada na avenida Djalma Batista, bairro Chapada, zona centro-sul da cidade.

De acordo com a delegada Deborah, o crime foi praticado na tarde da última sexta-feira, por volta de meio-dia, quando um veículo da montadora Renault, modelo Kwid, foi entregue a três mulheres na concessionária, situada no endereço acima mencionado, que utilizaram os dados pessoais da vítima para financiar o automóvel. A vítima, ao receber uma ligação informando sobre a aquisição do carro em seu nome, procurou a unidade policial para registrar a ocorrência.

“Após o registro da ocorrência, nossa equipe de investigação saiu em diligências para localizar pistas das infratoras, ocasião em que chegamos até o veículo, que estava no estacionamento de um Hospital e Pronto Socorro, localizado na zona leste da cidade”, disse a delegada Barreiros.

Conforme ela, as câmeras de segurança da concessionária flagraram as três mulheres no momento em que elas chegaram ao local para receber o veículo. “As imagens mostram as três estelionatárias chegando tranquilamente ao local, acima de qualquer suspeita. Ao entrarem, efetivaram os procedimentos de combate à covid-19, passando álcool em gel nas mãos e em seguida, sentaram em uma mesa e aguardaram o atendimento do vendedor para retirarem o veículo”, relatou Deborah.

A titular da Seccional Sul, diante dos fatos relatados, solicita a colaboração da população para identificar as três mulheres. E orienta que, quem as reconhecer, pode fazer a denúncia por meio do número (92) 99361-1210, o disque-denúncia do 12º DIP, que sua identidade será mantida em absoluto sigilo.

Comentários