Pesquisa da Ufam aponta que Manaus pode ter segundo pico de Covid-19 em agosto


Foto: Carolina Diniz/G1AM


Segundo um novo estudo feito por pesquisadores da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manaus poderá ter um segundo pico de Covid-19 nos meses de julho e agosto. De acordo com a pesquisa o novo pico da doença pode ser maior do que o anterior. 

Para os pesquisadores, a redução na quantidade de casos confirmados desde o início de junho pode levar a uma “falsa sensação de segurança” para a população, o que fez os manauaras relaxarem nos cuidados, mesmo com as recomendações do Governo Amazonas. O estudo foi feito com base no plano de reabertura gradual do comércio de Manaus divulgado pelo governo estadual.

Os pesquisadores acreditam que até o dia 1º de julho, pode acontecer de haver os mesmos níveis de isolamento que existiam no início de abril, um aumento no número de infectados poderá ocorrer em agosto.

O estudo da Ufam ainda conclui que o distanciamento social e as medidas de proteção individual – como uso de máscaras, higiene das mãos e as medidas de contenção do Governo – foram responsáveis pela redução na taxa de transmissão do vírus, o que levou a uma diminuição do novo coronavírus em Manaus, e uma consequente queda no número de óbitos e casos confirmados.

Comentários