Operação do Detran-AM flagra 22 motoristas alcoolizados no fim de semana

Foto: Divulgação/Detran-AM

No último fim de semana, as fiscalizações do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) voltaram a ser intensificadas. O resultado foi o flagrante de 22 motoristas dirigindo sob efeito de bebida alcoólica em diversas zonas da cidade de Manaus.

Os flagrantes foram feitos pelos agentes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) e por policiais militares do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) que, entre a última sexta-feira (05/06) e este domingo (07/07), abordaram mais de 500 veículos.

As abordagens resultaram na emissão de 216 autos de infração e no recolhimento de 59 veículos, além da prisão de dois motoristas que desacataram os agentes e também por embriaguez ao volante, crime previsto no artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

“O Detran, por meio do Neot, esteve nas ruas durante todo o final de semana fazendo as fiscalizações de rotina, mas também atendendo denúncias, principalmente, em postos de combustíveis onde as pessoas estavam bebendo e perturbando a paz com som alto”, explicou Victor Mansur, coordenador do Neot.

Bafômetro

Desde a sexta-feira, o Neot realizou 78 testes do bafômetro, sendo que, em 22 casos, o resultado foi positivo para alcoolemia. Nesses casos, os condutores tiveram a CNH apreendida e vão responder a processo de suspensão do documento, além de pagar multa de R$ 2.934,70.

Na sexta-feira e no sábado, dois motoristas foram flagrados sob o efeito de bebida alcoólica e acabaram indo parar na delegacia por desobedecer a ordem dos agentes.

“Apesar da redução no período de isolamento social, as fiscalizações continuaram acontecendo e após a abertura gradual da atividade econômica, é natural que nós reforcemos essa fiscalização, de modo que aos poucos possamos voltar perto do normal, mas, sobretudo para coibir as práticas irregulares de racha de excesso de velocidade em vias com pouco trânsito, mas também promovendo a segurança no trânsito e combate à alcoolemia”, reforçou o diretor-presidente do Detran-AM, Rodrigo de Sá Barbosa.

Comentários