Arquidiocese de Manaus estabelece retomada gradual a partir de 24 de junho

Foto: Reprodução/Facebook


Em coletiva de imprensa, na manhã desta segunda-feira (22), o Arcebispo de Manaus Dom Leonardo Steiner divulgou as orientações para o processo de reabertura dos templos e retomada das missas. O plano, planeja seguir as medidas de combate a covid-19, e estabelece o retorno gradual das atividades a partir da próxima quarta-feira (24), com a previsão de realização de missas somente no dia 4 de julho.

Apesar do decreto governamental que permitiu a retomada de igrejas e templos desde 1º de junho, com algumas condições - como 30% de ocupação, com eventos de até 1 hora de duração - a Arquidiocese optou por manter as portas fechadas até amanhã (23).

As missas e celebrações terão tempo máximo de 1h30, com intervalos de, pelo menos, cinco horas, e lotação de 30% da capacidade total. O uso de máscara será obrigatório. No entanto, as reuniões de pastorais, catequese e outros momentos de grupos de serviços e movimentos continuam suspensos.


Comentários