William Bonner divulga que CPF do filho foi usado em fraude no Auxílio Emergencial


William Bonner divulga que CPF do filho foi usado em fraude no Auxílio Emergencial



Foto: Reprodução/Rede Globo


O apresentador e jornalista do Jornal Nacional, William Bonner, denunciou no Twitter nesta quinta-feira (21), que seu filho, Vinicius Bonner, foi vítima de uma fraude, envolvendo o auxílio emergencial de R$ 600 dado pelo governo federal a cidadãos em situação de risco por conta da pandemia do coronavírus.

Bonner foi procurado pelo jornal Meia Hora para falar sobre o uso de dados do filho em um pedido de auxílio, quando ele notou a fraude. O apresentador afirma que o jornal resolveu não publicar a matéria, ao constatar que se tratava de uma fraude com uso de dados. 

Bonner disse que não é a primeira vez que acontece a tentativa de estelionato, porém esse caso é mais grave por envolver dinheiro público. Seu filho não está no grupo de pessoas que poderia ser beneficiado, mas, de acordo com o William, seu CPF foi aprovado. 

"Desta vez, o que vem à tona é ainda mais grave. Pelos critérios do programa de auxílio emergencial, alguém nas condições sócio-econômicas do meu filho não tem direito aos R$ 600 da ajuda. Portanto, quem quer que viesse a usar o nome, o CPF e dados pessoais dele deveria receber como resposta ao pleito um 'não'. Mas, pelo que vimos ao consultar o site do Dataprev, o pedido de auxílio feito por um fraudador foi aprovado". O apresentador afirma que já entrou com as medidas cabíveis para investigação do caso. 

William Bonner é pai dos trigêmeos Vinícius, Laura e Beatriz, fruto do relacionamento que teve com Fátima Bernardes.

Comentários