Susam envia equipe técnica para organizar fluxo de pacientes com Covid-19 em Presidente Figueiredo


Foto: Divulgação/Secom


A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) enviou, na quarta-feira (06/05), uma equipe ao município de Presidente Figueiredo para ajudar na reorganização do fluxo de atendimento a pacientes com o novo coronavírus (Covid-19) no Hospital Geral Eraldo Neves Falcão. Para as ações de enfrentamento à Covid-19, o município já recebeu do Governo do Estado, além do apoio técnico, equipamentos como um ventilador não invasivo, recursos financeiros de mais de R$ 412 mil, Equipamento de Proteção Individual (EPI), medicamento e testes rápidos.

Segundo o secretário de Atenção Especializada ao Interior (SEA Interior), Cássio Espírito Santo, o Estado enviará ainda um monitor multiparamétrico, mais um ventilador mecânico e um tanque de oxigênio para o hospital. “Os municípios têm dificuldade na aquisição de equipamentos, então, estamos trabalhando para direcionar as doações do Ministério da Saúde ao interior”, destacou.

Conforme a chefe de departamento da Secretaria de Interior da Susam, Rita Almeida, esta semana, o Estado também vai enviar um lote de testes rápidos para o interior, incluindo Presidente Figueiredo.

O prefeito Romeiro Mendonça ressaltou a importância do apoio do Estado ao Município, principalmente na compra de medicamentos e equipamentos para o combate à Covid-19. “Se nós não tivéssemos o Estado para nos orientar para que fizesse essa parceria no sentido de buscarmos um caminho juntos, com certeza a situação seria muito difícil”, destacou.

Adaptações

Presidente Figueiredo enfrentou dificuldade nas ações por conta da mudança na gestão municipal, que ficou 15 dias com um prefeito interino. Uma decisão judicial devolveu o cargo ao atual prefeito. No período de afastamento, foi construído um anexo ao hospital pela gestão interina para pacientes com Covid-19. Porém, para melhorar o fluxo no local, serão necessárias adaptações.

“Nós encontramos alguns problemas na construção desse anexo relacionados aos fluxos, distribuição dos ambientes, mas considerando a situação da saúde não só no município como no Estado por conta dessa pandemia, nós discutimos e propomos adequações a serem feitas no espaço para que a gente consiga usar”, explicou o arquiteto hospitalar da Susam, Joel Ozório.

De acordo com a secretária municipal de saúde, Sandra Lima Braga, os ajustes na construção serão realizados de imediato para que sejam abertos os 13 leitos para pacientes com o novo coronavírus. “Nós estamos procurando trazer os equipamentos, parte de mobiliário, camas. Enfim, nós estamos estruturando para fazer o mais rápido possível”, disse.

Recursos

 Os 61 municípios do interior do Amazonas receberam, de janeiro até 19 de abril de 2020, dos Governos Federal e Estadual, R$ 72.348.851,40. Os recursos se destinam ao financiamento de ações nas áreas de Atenção Básica, Média e Alta Complexidade e, principalmente, a investimentos para o enfrentamento da pandemia pelo novo coronavírus (Covid-19).

Presidente Figueiredo recebeu R$1,3 milhão, sendo R$ 412 mil do Estado por repasses do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviços e Interiorização do Desenvolvimento do Amazonas (FTI). Os recursos do FTI são exclusivos para aplicação nas unidades hospitalares do interior.

Comentários