PF mantém superintendente do Amazonas, mas faz troca em outros estados

PF mantém superintendente do Amazonas, mas faz troca em outros estados

Foto: O Globo

A Polícia Federal trocou superintendentes regionais da corporação de seis estados, mas não alterou no Amazonas. Outros cargos de chefia também foram alterados. A mudança na Superintendência do Rio de Janeiro é uma das que foram oficializadas.As mudanças ocorrem três semanas após o delegado Rolando Alexandre de Souza assumir como novo diretor-geral da Polícia Federal.

Além do Rio de Janeiro, os estados que tiveram seus superintendentes alterados, foram: Goiás, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Tocantins. 

Dentre os cargos de chefia que foram mudados dentro da própria PF estão o de diretor do Instituto Nacional de Criminalística da Diretoria Técnico-Científica da corporação. Assim como o de coordenador-Geral de Governança e Controle e o de chefe de gabinete da PF.

Rolando foi nomeado depois da saída do governo do ex-ministro da Justiça Sergio Moro, que em sua saída, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro tentou interferir politicamente na PF.

Comentários