ONG internacional coloca o Amazonas na lista dos Estados com os melhores índices de transparência durante a pandemia

ONG internacional coloca o Amazonas na lista dos Estados com os melhores índices de transparência durante a pandemia






Um levantamento divulgado nesta quinta-feira, 21, pela ONG Transparência Internacional, coloca o Amazonas entre os dez estados brasileiros com os melhores índices de transparência sobre os contratos emergenciais assinados para o enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. Na contramão, Roraima e São paulo, obtiveram os piores resultados no ranking.

O Amazonas ficou entre as unidades federativas com avaliação entre "bom e ótimo". em décimo lugar na tabela, o Estado chegou à pontuação de 63,29 de 100. A média nacional foi de 59, considerando todas as unidades - incluindo o Distrito Federal.

Para facilitar a atuação de órgãos de controle e fiscalização, o Governo do Estado inseriu no seu portal da Transparência, um link de acesso aos contratos celebrados exclusivamente visando o combate à COVID-19. Nele, é possível saber por exemplo, a receitas, despesas e relações de pagamentos a credores em tempo real.

O Executivo destinou, até agora, para gastos programados para a desaceleração do vírus no Amazonas, R$ 186,5 milhões, aplicados no reforço de ações educativas, compra de insumos, aparelhos, transporte de pacientes graves do interior à capital, auxílio financeiro aos municípios, ampliação das equipes de saúde, entre outros.

Até a última quarta-feira, o Estado havia registrado 23.704 diagnósticos de COVID-19, sendo 11.643 em Manaus e 12.061 no interior, além de 1.561 mortes, uma taxa de letalidade que corresponde a 6,58%.

Comentários