Número de sepultamentos em Manaus volta a crescer após queda na primeira semana de maio

Foto: Alex Pazuello/Semcom


Segundo o último informe funerário municipal do dia 07/05, o número de sepultamentos em Manaus voltou a subir depois de uma tendência de queda no início do mês. No dia 26 de abril, foram computados 167 enterros. Três dias depois, 156. No feriado de primeiro de maio, 151. Dois dias depois, uma queda ainda mais acentuada para 123. No dia 5 de maio, 111 enterros. Um dia depois, o menor número desta série: 92. Ontem, quinta-feira (7), o número subiu para 115. 

Na última quarta-feira (6), o juiz Ronnie Stone, da 1ª Vara da Fazenda Pública, negou o pedido do Ministério Público para que obrigasse o governo do Amazonas e a prefeitura de Manaus a decretar lockdown. Um dos argumentos utilizados pelo magistrado era a tendência de queda no número de sepultamentos. 

O governador do Amazonas, Wilson Lima, defende um modelo de isolamento social que mantenha serviços essenciais em funcionamento e o reforço em ações de fiscalização e conscientização da população. O governo tem priorizado um trabalho de conscientização, mais educativo sobre a necessidade de fazer um isolamento social.

“Na segunda-feira, inclusive, nós começamos a fazer um trabalho muito efetivo no Centro comercial, fechando com barreiras físicas algumas ruas e impedindo o acesso das pessoas, também colocando campanhas com apelo mais forte nos veículos de comunicação para que as pessoas tenham consciência da gravidade que é a questão da pandemia”, ressaltou o governador.

Comentários