Morre a ex-vereadora Marise Mendes, irmã do ex-governador Amazonino Mendes




A ex-vereadora e ex-secretária de Estado, Marise Mendes, 85, morreu, na manhã desta sexta-feira, 14, vítima de uma parada cardiorrespiratória. Marise estava internada no Hospital Check Up, em Manaus, há alguns dias.

Em nota, a família informou que a ex-vereadora morreu por complicações decorrentes de uma parada cardíaca.

“Nossa amada mãe teve uma parada cardíaca, fruto de complicações respiratórias e renais, às 9h45, no Hospital Check-Up. Temos a certeza de que em seu descanso eterno, ao lado do seu amado Fernando (seu esposo) estará sempre rogando por nós aqui na terra”, frisa um trecho da nota divulgada à imprensa.

Marise ocupou diversos cargos públicos, entre eles, o de secretária de Estado de Assistência Social do Estado, secretária municipal e vereadora na Câmara Municipal de Manaus.

A CMM emitiu nota de pesar pelo falecimento da ex-parlamentar. Marise Mendes era irmã do ex-governador do Amazonas, Amazonino Mendes, que deixou o cargo no início de 2019.

O Governo do Estado também se manifestou acerca do falecimento da ex-parlamentar. "O Governo do Amazonas manifesta profundo pesar pela morte de Marise Mendes, ex-vereadora e irmã do ex-governador Amazonino Mendes, ocorrida na manhã desta sexta-feira (14/02). Além da atuação como parlamentar, Marise Mendes teve papel destacado na Assistência Social, sua área de formação, tendo sido secretária das pastas do Estado e do Município, além de conselheira de Assistência Social. Era ainda funcionária aposentada da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa). O governador Wilson Lima envia condolências aos familiares e amigos da família, com quem compartilha os sentimentos neste momento de dor e luto".

Comentários