Membro de grupo que agrediu estudante na banda do Vieiralves é demitido da Casa das Correias





Apontado como um dos quatro autores da agressão contra um estudante de medicina de 20 anos, na Banda do Vieiralves, no estacionamento da Universidade Nilton Lins (Parque das Laranjeiras, Flores, zona Centro-Sul de Manaus), no feriado de Carnaval, um homem não identificado, que fazia parte do quadro funcional da Casa das Correias, foi desligado da empresa após a repercussão do caso.

Ele e outros três homens foram flagrados, em um vídeo, agredindo Odilon Pereira, que tentava proteger a prima de uma situação de assédio sexual promovida pelos envolvidos, conforme apontam as primeiras informações divulgadas.

Em um comunicado em suas redes sociais, a Casa das Correias, estabelecimento tradicional de Manaus, informa que lamenta o ocorrido, e que não compactua com qualquer agressão ou assédio sexual.

Na internet, montagens com as fotos dos cinco envolvidos no incidente estão circulando desde o dia da divulgação do vídeo. Na gravação, Odilon é esmurrado por vários homens até desmaiar. Já caído no chão, ainda recebe um chute na cabeça de um dos acusados. O caso é investigado pela Polícia Civil do Amazonas.

Veja a íntegra do comunicado:



Comentários