Número de técnicos de enfermagem contratados pela Susam chega a 2.534



A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) chegou nesta quinta-feira (16/01) ao número de 2.534 contratações de técnicos de enfermagem que já atuam nas unidades de saúde por empresas terceirizadas. A contratação direta desses profissionais, que iniciou no último dia 08, encerra-se nesta sexta-feira (17/01).

A contratação direta de técnicos está sendo feita das 8h às 17h, no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques. A Susam reforça que a contratação é específica para técnicos que atuam nas unidades por empresas terceirizadas que prestam serviço para o Estado.

Nesta quinta-feira, penúltimo dia de trabalho da força-tarefa montada pelo Governo do Amazonas para realizar as contrações, foram realizados 263 atendimentos pelo setor jurídico e pelo departamento de Recursos Humanos da Susam.

“O principal critério para ser contratado é ter trabalhado até o mês de dezembro para alguma das empresas terceirizadas. Caso o profissional não se encaixe, a contratação não ocorre”, explica o secretário de Saúde, Rodrigo Tobias.

Os técnicos de enfermagem precisam se encaminhar ao Vasco Vasques no horário fora de seus plantões. O contrato será em Regime Especial Temporário (RET). O embasamento para a medida é a Lei 2.607/2000 e suas alterações aprovadas pela Assembleia Legislativa em dezembro de 2019. A legislação dispõe sobre a contratação de pessoal por tempo determinado para atender à necessidade temporária de excepcional interesse público.

A lista de documentos e a ficha de cadastro para a contratação podem ser obtidas no site da Susam (www.saude.am.gov.br).

A contratação direta dá início ao processo de redução gradativa de serviços de mão de obra terceirizada na saúde e também segue a lógica de reordenamento do quadro de Recursos Humanos do órgão, que passa por um recadastramento feito pela Sead com todos os servidores.

A medida trará importantes ganhos, entre eles economia para o Estado. A estimativa é de redução de 30% no gasto com pessoal; maior salário para os profissionais, com pagamento de salário em dia; e prestação de um melhor serviço à população.

Força-tarefa – Uma equipe envolvendo 213 servidores foi montada pelo Governo do Amazonas. Desses, 178 de sete órgãos estão envolvidos diretamente no processo de contratação. Além da Susam, participam servidores da Casa Civil, Processamento de Dados do Amazonas S.A. (Prodam), Secretaria de Estado de Administração (Sead), Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur). Outros 11 órgãos estaduais também têm servidores no apoio, e um posto do Bradesco foi montado no local para abertura de conta.

Comentários

  1. Estou de licença com término em março e a empresa para à qual presto presto serviço abriu falência,me inscrevi e deu indeferido pois não estava trabalhando e como fica á minha situação qd voltar?

    ResponderExcluir

Postar um comentário