Polícia prende 41 pessoas em rinha de cães, em SP; participantes faziam churrasco de carne de cachorro para servir ao público





Reportagem exibida pelo programa televisivo Fantástico, da Rede Globo, na noite do último domingo, 16, mostrou a prisão de 41 pessoas, em Mairiporã, São Paulo, que participavam de uma rinha ilegal de cães. Os animais, em sua maioria com ferimentos superficiais, e alguns em estado grave, foram resgatados por membros de ONGs e serão tratados para serem colocados à adoção, posteriormente.

A matéria mostra que a abordagem policial ocorreu enquanto os participantes acompanhavam uma briga entre dois pit bulls. Na ocasião, a polícia deu voz de prisão a todos os presentes e pediu que os animais fossem separados.

Dois cães com ferimentos profundos morreram após o resgate. Outra cena que intrigou os investigadores, foi a carcaça de um cachorro próximo à churrasqueira da fazenda onde ocorria a atividade ilegal. Ela seria servida aos participantes para consumo.

Fizeram parte da operação policiais de São Paulo e do Paraná. Entre os presos estavam um médico, um veterinário e pessoas estrangeira. Uma quantia em dinheiro também foi apreendida. Os presos foram conduzidos a uma delegacia em São Paulo, capital. Eles vão responder por associação criminosa, maus tratos aos animais e jogos de azar. 


Comentários