Oito mil cigarros contrabandeados em comércio de Nhamundá são apreendidos



O Programa Estadual de Proteção e Orientação ao Consumidor (Procon-AM) apreendeu mais de 8 mil unidades de cigarro contrabandeado e aproximadamente 350 itens de alimentação em dois comércios de Nhamundá, a 382 quilômetros de Manaus. Os locais foram notificados.

As ações tiveram início na terça-feira (10/12), e seguiram até a quinta (12/12). Em um dos mercadinhos abordados, os fiscais do Procon-AM recolheram 353 unidades de produtos alimentícios com validade vencida. A maioria deles era para consumo de crianças.

“Essa ação foi realizada em parceria com a prefeitura de Nhamundá. Já havíamos estado no município neste semestre, também para fiscalizações. Recebemos denúncias da população sobre a venda de mercadoria de procedência duvidosa”, explicou o coordenador de fiscalização do Procon-AM, Pedro Malta.

No outro local, o Procon-AM apreendeu 8.240 unidades de cigarro contrabandeado. Os itens não apresentavam contraindicação do Ministério da Saúde e eram comercializados de forma ilegal.

Os responsáveis pelos comércios assinaram autos de constatação. Posteriormente, serão emitidos autos de notificação.

Comentários