Acesso ao programa ‘Prato Cidadão’ é ampliado pelo Governo do Amazonas





Em 2019, o número de usuários atendidos pelo programa Prato Cidadão, no Amazonas, passou de 73,8 mil para 78,41 mil, conforme os indicadores do Sistema de Informações Governamentais, do Governo do Estado. Foram quase 426 mil refeições em 11 meses.

Os dados apontam um aumento de 6,11%, de janeiro a novembro deste ano, na comparação com o mesmo período de 2018.

O programa é gerido pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas). Seus indicadores incluem pessoas e famílias beneficiadas pelas refeições diárias, além de residentes nas localidades e comunidades adjacentes, próximo aos restaurantes.

Com 15 anos de existência, o Prato Cidadão é uma iniciativa voltada à segurança alimentar e política de assistência social para erradicar a pobreza e a fome. Diariamente, 600 pessoas fazem refeições no Prato Cidadão ao preço de R$ 1.

São pessoas em situação de vulnerabilidade e risco social, como moradores de rua e imigrantes. Para ter acesso às refeições o usuário precisa apresentar o RG para fazer seu cadastro. Caso não possua RG, precisa fazer um cadastro provisório para ter acesso ao restaurante.

Os restaurantes ficam situados nos bairros Compensa e Novo Israel, em Manaus. 




Comentários